• Dionathan Sousa

Sua empresa vai bem?

Antes de começarmos a debater esse assunto, deixa eu te adiantar. Não existe uma fórmula mágica para o sucesso de uma empresa, se isso fosse possível, claro, era só seguir a cartilha e deixar que o sucesso bata em sua porta!


Mas agora, voltamos a pergunta. Como está a sua empresa?


Se você coçou a cabeça, ou colocou a mão na boca, na hora de ler essa pergunta, tenho certeza que esse artigo vai te ajudar.


Medir os resultados de uma empresa, não é uma tarefa fácil, porém é extremamente necessária, para saber pra onde sua empresa caminha, e o mais importante, conseguir encostar a cabeça no travesseiro a noite e relaxar, sem se preocupar como vai pagar os fornecedores, ou os colaboradores, no dia seguinte.


- Mas… o que devo medir?


Como falei acima, não existe uma receita pronta, e cada empreendedor, conhecendo melhor a sua empresa, vai enxergar o que deve medir dentro da sua empresa.


- Espera, mas você me fez ler até aqui, pra me dizer que sou eu quem vou ter que encontrar o que medir na minha empresa?


Mais ou menos por aí, porém elencamos nesse artigo, 6 indicadores que é importante que sejam observados, possivelmente dentre esses 6, você verifique a necessidade de começar a analisar na sua empresa.


Vamos a eles:


1 - Lucratividade, ou Margem de Lucro


É o indicador que define o percentual de lucro que a empresa tem mensalmente, para descobrir esse percentual pode ser utilizada a fórmula: lucro líquido/receita total * 100.

Se a lucratividade obtida com essa fórmula é a ideal para o seu negócio, vai depender muito de alguns fatores, dentre eles o retorno esperado pelos sócios, o mercado no qual ela está inserida, e quanto esse mercado está disposto a pagar, entre outros. Cuidado para não confundir lucro e disponibilidade de caixa, na maioria das vezes o que a sua empresa possui no caixa, não é exatamente o lucro obtido.


2 - Saldo de Caixa


Se por um lado a lucratividade indica qual o percentual sobre a receita sua empresa obteve de lucro, por outro ela não significa que esse lucro estará disponível no caixa no final do mês. Por isso é importante além de acompanhar a lucratividade, acompanhar o saldo disponível em caixa a cada mês. Esse acompanhamento além de auxiliar a monitorar a taxa de inadimplência te ajuda a prever fluxos de caixa futuros.



Procurando um sistema para gerir todas as entradas e saídas da sua empresa? Clique Aqui


3 - Crescimento de Faturamento


É importante medir o quanto sua empresa cresce ano a ano. Pra você ter uma ideia, uma empresa para se considerar estável, deve crescer pelo menos na mesma proporção da inflação acumulada no mesmo período. Essa taxa significa que a empresa se manteve constante, ou seja, nem aumentou nem reduziu seus resultados. Porém se os indicadores mostrarem que a empresa obteve um crescimento acima da taxa do mercado em que está inserida, isso significa que ela conseguiu conquistar mais uma fatia desse mercado.


4 - Produtividade e Retrabalho



Cada trabalho que você faz dobrado, tem um custo dobrado, ou seja, de nada adianta a empresa estar com as finanças organizadas, com um alto volume de vendas, se a produtividade estiver em baixa, aumentando os custos com as empresas e reduzindo a margem de lucro que a empresa pode ter.




5 - Satisfação dos Clientes


Os clientes, são o bem mais importante para qualquer empresa, e manter a satisfação deles é outro item essencial para o bom desempenho dos seus negócios. Medir o nível de satisfação periodicamente, através de um questionário curto e objetivo, é uma ótima maneira de verificar e corrigir alguns problemas na entrega do seu produto ou serviço, e de manter uma boa comunicação com os seus clientes. Uma boa opção para esse tipo de questionário é a técnica NPS.


6 - Satisfação da sua Equipe


Um cliente satisfeito vai continuar sempre comprando da sua empresa, porém uma equipe satisfeita, vai garantir que esses clientes sempre estejam satisfeitos, através da qualidade da entrega, do que sua empresa se propõe. Com uma sinergia e motivação de todos, os processos da sua empresa tendem a ocorrer de forma natural, causando assim, uma redução na taxa de retrabalho, e também uma ótima impressão para os seus clientes.



Com esses indicadores abordados, você pôde ter uma ideia mais afundo do quanto é importante ter alguns números da sua empresa na sua mão, para tomar as melhores decisões, além deles, existem outros que possam se encaixar com o seu tipo de atividade, com certeza você já tem uma ideia baseado no que falamos aqui.


Cuidado


Assim como é perigoso não medir nenhum resultado em sua empresa, também é perigoso, medir resultados demais. Procure focar-se nos números que realmente fazem sentido, e podem levar a sua empresa a crescer.


Outro ponto que é importante ser ressaltado, é que você deve estipular metas alcançáveis quando for determinar as ações em relação a esses indicadores, elas não podem ser altas demais a ponto de desmotivar a você e seus colaboradores, e também não pode ser muito baixa a ponto de causar um comodismo a todos.


Como já falamos acima, é importante avaliar o seu negócio, e entender o que é necessário medir para a fase em que sua empresa se encontra.

2 visualizações
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone LinkedIn

Fique Conectado

Receba atualizações, aviso, conteúdos e dicas para a gestão do seu negócio.

 Softecsul Inovação

 

Centro de Inovação Órion Parque

Rua Heitor Villa Lobos, 525

São Francisco

Lages-SC/ Brasil, 88506-400

Softecsul - Indústria 4.0

Spin Aceleradora de Startups

Rua João Planincheck, 1990

Jaraguá Esquerdo

Jaraguá do Sul-SC/ Brasil, 89253-105

Fale conosco

         (49) 3289.5100

    

         softecsul@softecsul.com