• Dionathan Sousa

Ruptura: causas e consequências da falta de produtos nas gôndolas dos supermercados

Atualizado: 21 de Set de 2020


Um dos problemas mais recorrentes apontados pelo setor varejista é a ruptura. O termo pode parecer um tanto técnico para as pessoas que iniciam na discussão sobre o assunto, entretanto, seu significado é mais comum do que se imagina. Ruptura é a falta de produtos nas gôndolas, prateleiras e expositores de uma loja.


Neste artigo será abordado de forma prática, as causas que geram este problema, ou seja, os fatores que resultam na falta de produtos, além dos efeitos e consequências que levam o cliente a deixar de comprar na sua loja. Por fim, daremos algumas dicas de como você pode minimizar a ruptura em sua gestão, e assim, aumentar o seu faturamento.

Leia também: O que você precisa saber sobre Estoque Físico X Estoque Contábil



A ruptura é caracterizada quando o estoque de determinado item chega a zero, isto é, não existe disponibilidade interna (produção) ou externamente (gôndola) para atendimento ao cliente. Esse problema traz sérias consequências, pois gera a perda de oportunidade de venda, além de causar a insatisfação dos consumidores comprometendo o grau de fidelização ao estabelecimento e à marca.

Fatores que induzem a ocorrência da ruptura e consequências:

Os fatores que induzem a ocorrência da ruptura, envolvem e afetam significativamente todos os elementos que formam a cadeia de suprimentos.

Fatores:

  • Falta de reabastecimento da gôndola ou equipamento de exposição;

  • Número de repositores insuficiente;

  • A imprecisão (acuracidade) ou ausência de inventário de estoque que alimente o sistema da empresa com informações confiáveis;

  • Atraso da entrega das mercadorias na loja;

  • A capacidade física dos depósitos e centros de distribuições;

  • Mercadorias avariadas que não podem ir para as Gôndolas;

  • Fornecedor sem produtos para entrega (férias coletivas, falta de matéria prima).


Com esses apontamentos é possível perceber que as causas das rupturas são as mais diversas e envolvem desde aspectos gerenciais e operacionais a aspectos políticos da organização.

Perfil do consumidor da atualidade

Com o passar dos anos, o consumidor se tornou uma pessoa mais informada, consciente e exigente. Na hora de comprar um produto ou adquirir um serviço o seus cliente entra na loja com relativa expectativa: seja para receber um bom atendimento, sobretudo, buscando praticidade, onde ele possa encontrar todos os itens desejados sem perder tempo.


Diante disso, a falta de produto no ponto-de-venda, frustra e irrita o

consumidor, além de trazer graves conseqüências tanto para o ponto-de-venda (varejo).

Calcula-se que a ruptura, ou a falta do produto na gôndola/prateleira/expositor, representa uma perda de 5% no faturamento mensal de um supermercado. É considerada por muitos especialistas como a principal inimiga das vendas. Este problema é tão sério, que em determinados casos o percentual de perdas pode ultrapassar a margem de lucro da loja.


Em percentuais, o que acontece quando o shopper não encontra o produto que quer comprar no ponto de venda?

Fonte: Média, por setor, dos níveis de ruptura apresentados em estudo pela Retail Stockouts


Neste momento de crise e reclusão social, provavelmente seu cliente não vai voltar na loja no dia seguinte para comprar aquele produto que faltou, ou seja, muito provavelmente ele vai comprar no seu concorrente.


E-book: os principais erros e consequências de uma má administração de estoque.


Independente da escolha, o resultado é sempre prejudicial ao lojista, pois mesmo que o cliente compre um produto similar de outra marca, a experiência de compra foi afetada. A experiência do cliente é fundamental no processo de encantamento e vendas.

As consequências da Ruptura no comportamento do consumidor

As consequências da ruptura são imediatas e percebíveis no comportamento do consumidor. Existem pelo menos seis possíveis reações por parte dos consumidores diante da falta do produto desejado: dirigir-se a outra loja; não comprar o produto; substituir o produto por um similar; comprar um outro produto; comprar um produto de diferente tamanho da mesma marca ou adiar a compra.


Se o consumidor desiste da compra, perdem o varejista e o fabricante; se o consumidor apenas adiar a comprar, o varejista perde a credibilidade ou a imagem, mas ele não perde em dinheiro; se, por outro lado, ele optar por outro produto, a principal perda é do fabricante; se decidir comprar o produto em outra loja, perde a loja de varejo.

5 Dicas para minimizar a ruptura:

Implemente e utilize sistemas automatizados em seus processos. Essa escolha possibilitara o monitoramento adequado na gestão e no controle dos estoques, diminuindo erros por parte da central de compras, do recebimento e conferencia dos pedidos realizados, além de, facilitar nas posteriores previsões de vendas.

Desenvolva programas de treinamento junto aos funcionários para otimizar suas tarefas e torná-las mais eficientes.

Desenvolva mecanismos de adequação do mix, revendo os itens que compõem os critérios do perfil da região e do consumidor. Assim você impede que falte no estoque e possivelmente nas gôndolas.

Gere os produtos nas gôndolas de forma a distribuí-los em um espaço maior e defina uma relação dos produtos expostos nas gôndolas, para que na sua falta seu espaço não seja substituído por outros produtos, permitindo que o cliente encontre sempre o produto no mesmo lugar.

Melhore o relacionamento com os clientes, criando uma abordagem e um acompanhamento personalizados. Utilize um cadastro de clientes por meio de um software capaz de abrigar em seu banco de dados, todo o histórico de compras do cliente e suas preferências de consumo, bem como suas insatisfações quando não encontra o produto desejado.


Se você chegou até aqui, é por que está interessado e preocupado em solucionar este problema que gera uma tremenda dor de cabeça. Caso ainda tenha alguma dúvida, entre em contato conosco ou deixe seu comentário. Teremos o prazer de contribuir com o sucesso do seu negócio.




270 visualizações0 comentário
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone LinkedIn

Fique Conectado

Receba atualizações, aviso, conteúdos e dicas para a gestão do seu negócio.

 Softecsul Inovação

 

Centro de Inovação Órion Parque

Rua Heitor Villa Lobos, 525

São Francisco

Lages-SC/ Brasil, 88506-400

Softecsul - Indústria 4.0

Spin Aceleradora de Startups

Rua João Planincheck, 1990

Jaraguá Esquerdo

Jaraguá do Sul-SC/ Brasil, 89253-105

Fale conosco

         (49) 3289.5100

    

         softecsul@softecsul.com