• Dionathan Sousa

O que você precisa saber sobre Estoque Físico X Estoque Contábil


Atualmente, cerca de 25% das pequenas empresas brasileiras deixam de funcionar com menos de dois anos de existência (SEBRAE) . Os motivos são vários, mas todos eles envolvem falta de organização nos processos e rotinas administrativas da empresa, algo que impacta o capital de giro e o faturamento.


Para evitar entrar nessa estatística, empresas precisam sempre organizar os processos internos do negócio e elaborar procedimentos e pontos de controle que garantam o bom funcionamento de todos os setores da empresa, inclusive o estoque.


A contagem de estoque é um dos procedimentos mais comuns dentro de qualquer organização.


É natural que neste processo haja algumas divergências no que diz respeito a movimentação do estoque. Porém, o que deve ser destacado é que possíveis diferenças devem ser justificadas.


Mas, por que o controle de estoque é tão importante?


Para iniciarmos esse assunto, é preciso que antes o empreendedor se faça algumas perguntas, como por exemplo:


● Como eu consigo administrar de maneira eficaz meu negócio, sem saber de fato o que está em meu estoque?

● Como eu posso saber, qual mercadoria tem maior saída em minha loja?

● Quanto dinheiro parado em estoque a minha organização possui?


Para responder perguntas como essa, que o controle de estoque se faz importante. Quando você tem os números da sua empresa nas mãos, fica mais fácil tomar decisões fundamentais para a saúde da sua empresa. Isso, facilita a negociação com fornecedores, além de não passar por apertos na hora de atender os seus clientes.


gif

Outro problema geralmente ocorre com lojas de vestuário, é a compra em demasia de uma determinada peça de roupa com pouca saída, enquanto a falta de outra peça com maior comercialização. Enquanto supermercados e lojas em que se trabalha com produtos perecíveis, há o risco da defasagem desses produtos, devido ao prazo de validade, caso haja uma má administração do estoque.


Além desses fatores, que mais que justificam o controle de estoque, existe um outro fator

que considero, muito importante, e que deve ser levado sempre em consideração. Quando um cliente entra na minha loja e não encontra o que procura, automaticamente estou encaminhando ele para a concorrência.


Leia também: Inventário Físico - Seu Estoque em Suas Mãos


Já, quando se trata da fabricação de produtos, ter um controle de estoque, se torna ainda mais importante. Afinal, a empresa não pode correr o risco de parar uma linha de produção por falta de uma peça, enquanto outras peças podem estar sobrando.


Aqui na empresa, temos um ditado que traduz muito bem essas situações citadas acima:

Enfim, fora todos esses motivos, existe ainda o fator legal e tributário, que obriga empreendedores a terem seus estoque contábil e físico em harmonia, para que haja uma correta tributação, evitando assim, problemas como sonegação de impostos, e cobrança correta de encargos, relacionados às entradas e saídas dos produtos comercializados.


Então, quais são as principais causas de divergências no estoque?

As possíveis divergências podem ocorrer de duas formas. A primeira das causas diz respeito aos problemas de controle interno, ou seja, aqueles erros que podem decorrer da movimentação dos estoques. Por exemplo:


● Falta de Registro de todas as movimentações de entrada e saída de produtos (compra, venda, perdas, trocas, devoluções, saída para consumo interno etc.);

● Erro nos lançamento;

● Baixa de produto incorreta.


Já a outra causa, está relacionada às divergências provenientes de eventos não relacionados com operações normais da empresa, como:


● Roubos;

● Furtos;

● Perdas;

● Enchentes;

● Incêndios.


Quer um software completo para registrar a movimentação da sua empresa? Clique aqui.


Como regularizar essas divergências entre Estoque Físico e Contábil?


Essa resposta é única e simples, com a realização de um inventário físico. Também conhecido popularmente como balanço, o inventário pode ser feito de forma rotativa (nesse caso, é efetuada a contagem por setores de uma empresa, sendo um setor de cada vez), ou de forma periódica (sendo contado no seu total, em determinadas épocas do ano).


Com o inventário, você pode verificar de maneira fácil quais são os produtos que estão faltando no estoque ou quais estão sobrando. Assim, você pode antecipar compras, prever demandas e, o principal, controlar de maneira eficaz a entrada e a saída de produtos.


Para Finalizar…


Fazer controle de estoque para muitos empreendedores, ainda é visto como um custo, tanto de tempo, quanto de dinheiro.



Entretanto, vale ressaltar que se for colocar em uma balança o investimento de tempo e dinheiro inicial para implantar um controle de estoque, e o tempo e o dinheiro que se perde por não controlar o estoque, esses mesmos empreendedores ficariam boquiabertos em saber o quanto estão deixando de ganhar com uma boa gestão do seu estoque.


Hoje em dia existem ferramentas e softwares que otimizam esse trabalho. Vale a pena investir para ter um melhor controle do seu estoque e, consequentemente, do seu negócio.


Gostou do tema? Quer acrescentar alguma coisa? Deixe-nos seu comentário.




85 visualizações
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone LinkedIn

Fique Conectado

Receba atualizações, aviso, conteúdos e dicas para a gestão do seu negócio.

 Softecsul Inovação

 

Centro de Inovação Órion Parque

Rua Heitor Villa Lobos, 525

São Francisco

Lages-SC/ Brasil, 88506-400

Softecsul - Indústria 4.0

Spin Aceleradora de Startups

Rua João Planincheck, 1990

Jaraguá Esquerdo

Jaraguá do Sul-SC/ Brasil, 89253-105

Fale conosco

         (49) 3289.5100

    

         softecsul@softecsul.com