• Dionathan Sousa

Entenda como funciona a ruptura de estoque e como resolver este problema





É muito provável que você já tenha ido a um supermercado e se deparado com esta situação: você procura por determinado produto, caminha em direção a sua sessão e, infelizmente, se depara com uma gôndola vazia. Essa mesma questão também pode ocorrer com aquela loja de roupas online, logo, se você não encontra o produto que deseja, dificilmente levará um substituto.


O out of stock, ou mais comummente chamado de Ruptura de Estoque, nada mais é que a falta do produto naquele exato momento em que o consumidor realiza a sua compra. Este problema atinge desde as grandes lojas e supermercados de varejo, até os mercadinhos e padarias de bairro.



Em alguns casos, a insatisfação gerada ao consumidor pode ser contornada, caso o produto, ou a marca em questão possa ser substituído por outro, mas à medida que a falta de produtos for acontecendo com frequência, pode motivá-lo a deixar a loja sem comprar nada, e assim, não voltar mais à sua empresa. E mais, caso o seu concorrente tenha os produtos ou marcas desejados por esse cliente, ele pode comprar e ser fidelizado pela concorrência.


Se analisarmos os dados da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), sobre a alta de vendas de 3,76% em dezembro de 2019 - número comparado ao mesmo período em 2018 -, respectivamente, percebemos um aumento no índice de ruptura de estoque. Se em dezembro de 2018 o número era de 9%, em 2019 teve um aumento significativo de 1,32% no mesmo mês.





Leia também: como controlar o seu estoque com o uso do código de barras.


Na prática, estima-se que a ruptura no estoque pode representar uma queda de até 30% nas das vendas da sua empresa, nesse caso, quando as ausências no estoque passam a ser mais frequentes para produtos comuns.


Ou seja, este problema aparentemente cotidiano pode provocar um enorme impacto nas vendas, e por consequência no seu negócio. O recado é claro, quanto menor o controle do seu estoque, maior será a falta de produtos, e sucessivamente obterá menos vendas.



Principais causas de Ruptura de Estoque


A ruptura pode ocorrer por uma série de fatores. Geralmente elas estão interligadas a ineficiência, como problemas de planejamento, problemas no processamento de pedidos, e problemas no ciclo de reposição. Essas falhas estão relacionadas às operações em loja, aos fornecedores, aos centros de distribuição, à organização e até mesmo ao planejamento incompleto.



Agora que você já sabe quais são as principais causa da Ruptura de Estoque, confira as nossas dicas de como você pode evitar, ou mesmo solucionar este problema.


Dê entrada a todos os produtos corretamente


Dê entrada de todos os produtos em seu sistema. Atentando-se ao tipo de embalagem que esse produto chega, se é unidade, fardo, caixa, entre outros. Assim os outros setores também poderão ter essas informações e poderão estar mais integrados, para solicitar uma recompra, a tempo de evitar a ruptura.


Atente-se as promoções feitas pela sua empresa


Quando uma marca líder de mercado de um determinado produto entra em oferta, é natural que consumidores da marca B, ou C migrem para o consumo dela. Caso o setor de compras não tenha a experiência, ou o preparo devido para analisar o impacto que algumas promoções podem causar no estoque, pode acontecer do produto acabar com muita facilidade. O ideal é certificar-se que o produto tenha determinada quantidade em estoque, o quão esse produto é procurado pelos consumidores, e analisar se os números batem, para só então colocá-lo em oferta.


Conferência Periódica no Estoque Físico


Realize inventários com uma certa periodicidade, para avaliar realmente se o que está no seu sistema de estoque confere com o que você tem armazenado. Isso evita, que por algum descuido, ou desatenção, produtos possam estar em falta na hora da reposição na prateleira. Tenha cadastrado um limite de produtos mínimos no seu sistema ERP para o funcionamento da sua empresa, como o nome já diz, o estoque mínimo é uma segurança a mais para que o seu consumidor encontre o que procura.


Quer saber como otimizar o controle do seu estoque e ter um melhor retorno financeiro na sua empresa? Clique aqui.


Use a Tecnologia a seu Favor


Não é possível reduzir a ruptura de estoque sem dados concretos, felizmente hoje em dia é mais fácil encontrar várias opções com um custo muito mais baixo, como aplicativos para o seu celular, que podem ser utilizados para colaborar com a administração do seu Estoque.


Monitore com Frequência as Prateleiras ou Gôndolas


Certifique-se de que as gôndolas ou prateleiras do seu estabelecimento estão sempre sendo abastecidas, para isso é necessário criar um hábito de acompanhamento periódico. Caso haja a necessidade de repor a mercadoria, você pode solicitar a pessoa ou ao setor responsável com agilidade suficiente para evitar que haja ruptura.


Evite que a sua empresa perca pontos com seus clientes. Coloque em prática todas essas dicas e reduza as rupturas do seu estoque.


Então, agora é a sua vez. Mãos a obra! E se você gostou desse artigo, deixe-nos o seu comentário e o compartilhe nas suas Redes Sociais!



9 visualizações
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone LinkedIn

Fique Conectado

Receba atualizações, aviso, conteúdos e dicas para a gestão do seu negócio.

 Softecsul Inovação

 

Centro de Inovação Órion Parque

Rua Heitor Villa Lobos, 525

São Francisco

Lages-SC/ Brasil, 88506-400

Softecsul - Indústria 4.0

Spin Aceleradora de Startups

Rua João Planincheck, 1990

Jaraguá Esquerdo

Jaraguá do Sul-SC/ Brasil, 89253-105

Fale conosco

         (49) 3289.5100

    

         softecsul@softecsul.com