• Rafael Trento

ColetorPro é Destaque na Revista Super Varejo, em Âmbito Nacional

O ColetorPro foi convidado pela revista para opinar sobre a ruptura e sobre as vantagens de um aplicativo para melhor armazenar e analisar dados.


A edição de março da Super Varejo trouxe uma reportagem sobre como amenizar a ruptura nas gôndolas, com o título “Tecnologia contra Rupturas”. Com dados recentes do setor e opinião de diversas autoridades no assunto, o sócio-fundador e diretor de inovação, Athos Branco, conversou com a revista e mostrou como o ColetorPro pode usar da tecnologia para melhorar os processos e automatizar a gestão de “chão de loja”.


Athos ressaltou a respeito da otimização dos resultados a partir da tecnologia, além do aplicativo solucionar eventuais problemas com muito mais agilidade e evitar o temor das prateleiras vazias.


Atualmente as rupturas podem chegar até 12% do faturamento do supermercado. ABRAS - Associação Brasileira de Supermercados em seu site traz 9 recomendações para evitar rupturas no estoque, e assim ajudar o seu associado confira clicando aqui.


Confira abaixo um trecho em que o ColetorPro é destaque:


O ColetorPro é uma solução própria para o sistema Android que transforma o celular numa espécie de coletor de dados, que permite desde a reposição na gôndola até a auditoria e a prevenção de perdas por data de validade no estoque. "São quatro módulos, cada um com suas particularidades, com um valor aderente à necessidade de mercado. É uma solução prática para supermercados menores", conta Athos Branco, sócio-fundador e diretor de inovação da empresa, que é conveniada à Associação Catarinense de Supermercados.”

Para ler a reportagem na íntegra, basta acessar o site da Super Varejo neste link https://www.supervarejo.com.br/ e o ColetorPro está nas páginas 64 e 66.


59 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Qual o impacto do PIX na quitação de dívidas?

Hoje em dia, quase um ano após a criação do PIX, praticamente todo mundo já utilizou o meio de pagamento para receber ou pagar contas, pessoas, etc. Segundo o Banco Central, no dia 16 de maio, data da