• Camana Sweilem

5 Passos para Ter Uma Pesquisa de Preço Eficiente



Para o setor supermercadista ter um processo eficiente de pesquisa de preços na concorrência é de grande importância, pois com a análise é possível tomar decisões que envolvam a empresa.


Sabemos que ter preços muito acima da concorrência não é benéfico, já se os valores forem muito abaixo pode afetar a lucratividade do negócio.

Para evitar problemas como esses, veja a seguir seis passos para realizar uma pesquisa de preço mais eficiente:


1) Defina a estratégia e a política de preços


Um dos principais erros dos supermercados é utilizar a pesquisa de preços desvinculada de um posicionamento. Ela pode levar o empresário a perder dinheiro se não for definida uma estratégia de precificação antes. Ou seja, é preciso saber se a loja irá trabalhar com itens mais caros ou baratos. Outro erro é usar a pesquisa de preços apenas para baixar o preço. A pesquisa poderia ser utilizada também para aumentar a margem.


2) Selecione os produtos de forma correta


Na hora de selecionar os produtos da pesquisa de preços, deve- se levar em consideração os critérios que não podem ficar de fora do levantamento.


Você precisa ter clareza do que tem no seu mercado, para assim fazer a pesquisa no seu concorrente.


Muitas lojas escolhem aleatoriamente os produtos, fazendo com que muitos sejam deixados para fora, e as vezes é os principais produtos da loja.


Para evitar esse problema, recomendamos definir quais itens se tem um alto giro.

Outro problema encontrado é não incluir no levantamento itens de giro médio. O supermercadista não consegue enxergar que nesses produtos caberia um aumento de preço. Ele tem uma visão limitada e acaba apenas acompanhando os valores da concorrência.


3) Treine uma equipe exclusiva


É preciso adotar critérios na hora de montar uma equipe de pesquisa. O colaborador que atua em campo precisa de habilidades, como ser organizado e ter conhecimento com a estratégia de preços da empresa. Sem uma equipe exclusiva ocorre-se o risco de o funcionário não conseguir se dedicar à tarefa da maneira necessária. É comum, por exemplo, que ele fique preocupado com outras atividades, o que tira sua concentração.


4) Escolha bem os concorrentes


Muitos erram ao identificar os concorrentes onde a pesquisa de preços deve ser realizada.

É preciso avaliar o formato, o público que a frequenta, o sortimento, entre outros pontos.

E dependendo do seu posicionamento, até os sites de e-commerce podem se tornar concorrentes.


5) Identifique a melhor tecnologia para a coleta de preços


Para realizar a pesquisa de preços, não é necessário o uso de aparelhos caros. O importante é utilizar aplicativos que garantam maior agilidade ao processo. A pesquisa de preço deve somar e não atrapalhar a produtividade da empresa.

O empresário precisa analisar qual dispositivo é mais adequado para sua equipe utilizar no trabalho. Embora alguns ainda adotem planilhas manuais, o que garante maior produtividade são equipamentos como coletores de dados.


O ColetorPro é uma poderosa ferramentas de controle, comunicação e dados, integrados com uma plataforma web que te dá a gestão e o controle que você está procurando. Clique aqui e saiba mais.




Com este artigo já deu para perceber que a pesquisa de preço fornece informações importantes para a definição de alguns processos e para a tomada de decisões.



Quer saber como fazer uma pesquisa de preço eficiente no varejo? Faça um teste com o ColetorPro e melhore na prática o seu processo de pesquisa.



Gostou do artigo? Caso ainda esteja com alguma dúvida, deixe nos comentários abaixo.

20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo